segunda-feira, 10 de março de 2008

O Problema dos Domingos

«Domingo de manhã. O vizinho de baixo estava compulsoriamente compartilhando conosco seu gosto musical. A casa, de madeira, tremia a cada vibração das caixas de som. Minha roommate pediu pra eu ir lá falar com ele.
De jeito nenhum.
Por que não?
Oras, porque o homem é um negão de dois metros por dois metros, que ainda por cima é policial e anda armado. Da última vez que demorei muito pra conseguir abrir a porta da lavanderia, ele enfiou uma arma na minha cara achando que era ladrão. Deixa ele ouvir a música dele.
Que vergonha, Alexandre. Isso não racismo às avessas?
Claro que não. Na verdade, é uma espécie de sistema de cotas, uma vantagem adicional para compensar séculos de exploração. Eu só sei que lá eu não vou.»

do blog Liberal Libertário Libertino